Ayurveda e Astrologia Védica


Como a astrologia védica pode contribuir para a prevenção e o tratamento com Ayurveda

Originalmente Ayurveda, Yoga e Jyotish – a astrologia védica – são uma só Ciência.

Os antigos Sábios Védicos, em suas meditações, entraram em profundos estados de consciência e, nesse estado expandido, foram compreendendo o Dharma, a ordem cósmica. Em outras palavras, Eles atingiram a percepção direta da maneira pela qual a presença do Ser ou Pura Consciência, imanente em todas as formas, em todo o Universo, mantém este Universo em constante fluxo, dentro de uma ordem perfeita e em vida eterna, tendo como princípio básico a Lei de Causa e Efeito – Satkaryavada – e a Lei da igualdade dos atributos – Parinamavada. Esta é a definição mais ampla de Dharma, por isso chamado Sanátana Dharma.

Ayurveda, Yoga e Jyotish são as aplicações do conhecimento desse Dharma eterno e transcendental às relações entre a Consciência Pura, os seres, incluindo o humano e o universo.

Saúde para estas ciências, é um conceito muito amplo que implica nas relações de harmonia entre:

  1. O corpo controlado pelos Doshas Vata, Pitta e Kapha.

  2. O Prana ou energia vital que flui através dos nadis e Chakras.

  3. A mente ou Manas geradora de emoções e que sofre a forte influência das trigunas – Sattwa, Rajas e Tamas.

  4. A Alma formada pelos nossos corpos permanentes e Buddhi.

  5. O Atma ou Purusha – a Consciência Pura.

Estes diversos componentes da nossa existência têm sua anatomia e fisiologia internas próprias e, com exceção do Purusha ou Ser, todos os demais podem apresentar desequilíbrios e causar, pela interdependência no funcionamento de todos, desarmonia nos demais, que se manifesta como doenças.

Estados mentais emocionais geram alterações do fluxo de Prana e o fluxo de Prana afeta o funcionamento de corpo. Alterações orgânicas, por sua vez, podem provocar bloqueio energético de Prana